Que ano é hoje?

Gabriel Franke Viegas
Gabriel Franke Viegas
Brasília, 01 de Abril de 2016
Gabriel Franke Viegas é um jovem Farmacêutico, oriundo da UnB. Sua cabeça vive revoluções por minuto. E muitas dúvidas. Por Gabriel Franke Viegas

Que ano é hoje que pra defender a democracia, temos que defender um governo;
Que pra defender esse governo, temos que fechar os olhos pra corrupção;
Ou pior, justificá-la por outros atos corruptos, cometidos por outras siglas, em outros tempos.

Que ano é hoje que o Partido dos Trabalhadores governa para os banqueiros e os empresários;
Que seus aliados defendem com unhas e dentes os cortes na educação e saúde;
Que os trabalhadores não se identificam com o proletariado
Que ano é hoje que se você não está do lado da democracia/governo você definitivamente está do lado do Bolsonaro, Feliciano e Moro;

Compactuando assim com o impedimento da presidenta Dilma, somente para que o cargo seja ocupado por alguém mais inescrupuloso.
Que ano é hoje que as pessoas estão apoiando uma ditadura.
Que ano é hoje que ainda não percebemos onde está o erro;
Que personificamos os culpados;
Que linchamos os peões do xadrez sem mesmo mirar no Rei.
Que ano é hoje que não analisamos nosso sistema;
Um sistema complexo com muitos peões e poucos bispos, cavalos, torres, damas e reis.

Que ano é hoje que acreditamos ainda que os erros perpetuados são fraquezas de pessoas isoladas;
Que pensamos que as pessoas são corruptas e esquecemos que talvez o sistema seja corruptor;

Que acreditamos numa mão invisível do mercado.
Que ano é hoje que não se pode pensar numa terceira via;
Que não se pode pensar em revolução sem ser julgado como revolucionário caviar;
Que não se pode imaginar uma sociedade diferente.

Que ano é hoje? 

Gabriel Franke Viegas é Farmacêutico, vive em Brasília. E, orgulhosamente, é meu filho. 
comentários operados peloDisqus

Veja Também